BLOG

« Voltar
Compartilhe: Os segredos para criar o melhor rótulo para seu produto
Sem Comentários

Os segredos para criar o melhor rótulo para seu produto

Sempre quase pensamos na entrega de um produto, precisamos pensar em sua embalagem. Definida a embalagem, é preciso dar uma atenção especial à idealização e elaboração do rótulo.

Segundo a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), rótulo é toda inscrição, legenda e imagem ou, toda matéria descritiva ou gráfica que esteja escrita, impressa, estampada, gravada ou colada sobre a embalagem do alimento.

Portanto, antes de se preocupar com o design desse rótulo, é importante saber o que é exigido pelos órgãos reguladores de cada categoria. Na comercialização de produtos alimentícios, por exemplo, é obrigatória a descrição de ingredientes, origem (fabricante), prazo de validade, lote, tabela de informação nutricional e outros.

Com essas informações, é hora de criar um rótulo que conquiste seu público, transmita todas as informações necessárias e se diferencie nas prateleiras.

Confira 6 pontos importantes para criar o melhor rótulo:

1. Identidade Visual
Comece pensando na facilidade com que seu público irá reconhecer o produto e associá-lo à sua marca, identificando elementos como logo, cores, formas e linguagem. É importante que a comunicação converse com todo o posicionamento da empresa e mantenha a mesma mensagem a ser transmitida.

2. Design
A primeira impressão formada pelos clientes está diretamente relacionada com o design do produto, ou seja, como as informações estão organizadas. Cores, textos, imagens e disposição desses elementos compõem o visual dos rótulos. Atualmente, a grande tendência de mercado é o Design Minimalista, que prega pela simplicidade. A linha adotada é importante porque representa o posicionamento da sua marca. Por exemplo, o Design Minimalista transparece uma imagem de modernidade, inovação e alto valor. Já o design rústico geralmente tem mais conexão com produtos artesanais. Identifique o que sua marca quer passar para seu público-alvo e direcione todas essas informações para o visual do rótulo.

3. Material
Outro ponto importante a ser definido é com que material o rótulo do seu produto será feito. Mais uma forte tendência do mercado hoje e utilizar ao máximo rótulos e cintas feitas de papel, que são ecologicamente melhores vistas pois suas matérias primas são de fontes renováveis, podem ser recicladas e, mesmo quando não são, se decompõem mais rapidamente que os rótulos e cintas feitas de plástico.

4. Informações
Toda mensagem a ser passada precisa ser clara e objetiva. Para transmitir as informações necessária pode-se utilizar ícones, explorando imagens simples para sintetizar esses dados, ao invés de só textos e mais textos. Essa é outra forte tendência de mercado, e a leitura fica muito mais agradável quando essa opção é adotada. Aqui é fundamental a experiência e criatividade do profissional que está trabalhando nesse desenvolvimento.

5. Instruções de uso
No caso de alimentos, o modo de preparo nos rótulos é uma exigência da ANVISA. Na maioria das vezes essa é uma das informações que mais consome espaço. Pensando em boa comunicação e colaborar com o processo de criação do design, é interessante criar uma sequência fácil de entender com pouco texto, novamente explorando ícones e desenhos. Uma sugestão é desenvolver um passo a passo que possa ser compreendido até por estrangeiros que não falam a língua impressa no rótulo. Se isso for possível, pode ter certeza que sua comunicação está perfeita.

6. Diferenciação na prateleira
Todos esses pontos apresentados anteriormente são fundamentais, mas na hora da venda, o que vale mesmo é o resultado na prateleira. Os consumidores demoram poucos segundos para formar uma opinião sobre todos os produtos que estão expostos nos pontos de venda, e se sua marca não conseguir conquistá-los nesses primeiros instantes, ela perdeu a oportunidade. Para aumentar seus resultados, foque no que ele precisa saber de imediato, os diferenciais do produtos e valores da marca. A comunicações mais criativas e de maior presença são uma boa opção. Por exemplo, rótulos que se completam e formam imagens maiores nas prateleiras.

Dando uma boa atenção a todos esses pontos, fica mais fácil idealizar um rótulo que transpareça todo o potencial da sua marca e seu produto. Mas lembre-se, é muito importante fazer pesquisas de mercado, avaliar a concorrência e ouvir seus clientes. A dica é: precisamos entender como o público-alvo vê esse setor, o que valorizam e esperam das marcas, para que então seja desenvolvido um rótulo ideal para seu produto.

Publicado por Tactos | 26/11/2018 | Dicas | Sem Comentários
Ja viu o noso catálogo 2015? FAZER DOWNLOAD

Posts Relacionados

Veja todas postagens »